Os números de 2011

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2011 deste blog.

Aqui está um resumo:

A sala de concertos da Ópera de Sydney tem uma capacidade de 2.700 pessoas. Este blog foi visitado cerca de 9.500 vezes em 2011. Se fosse a sala de concertos, eram precisos 4 concertos egostados para sentar essas pessoas todas.

Clique aqui para ver o relatório completo

Adicionar corretor ortográfico ao Firefox

Instale a extensão do dicionário

O Firefox pode verificar a ortografia em campos de texto nas páginas. Para ativá-la, é necessário instalar a extensão que contém o dicionário português brasileiro.

Reinicie

Após instalar e reiniciar o Firefox, as palavras não reconhecidas serão grifadas. Clique nelas para obter sugestões ou adicioná-las ao dicionário.

O Firefox ativa a verificação em campos de texto nos campos com várias linhas, como os usados para escrever um texto.

Campos de uma linha

Se quiser ativar em um campo como os usados para escrever o nome ou email, clique nele com o botão direito e marque a opção Verificar ortografia.

Desativar em um campo

Se quiser desativar a verificação ortográfica em um campo específico, clique nele com o botão direito e desmarque a opção Verificar ortografia.

Desativar permanentemente

Abra a janela de opções (no Windows, em Ferramentas > Opções) e desmarque o item Avançado > Geral > Verificar ortografia ao digitar.

 

Melhorando a potência do roteador wireless D-Link DI-524

Muitos passam pelo problema de ter o sinal wireless fraco em alguns comodos da casa, gerando quedas constantes e até impossibilidade de conexão.

Um dos roteadores mais comuns é o D-Link DI-524, ele já é considerado ultrapassado mas ainda é muito utilizado, pois se comparado com roteadores mais modernos ele tem o sinal muito fraco. Grande parte desse problema se deve a sua antena que é de apenas 2dbi.

Muitos considerariam então comprar outro roteador mais moderno para resolver este problema, tendo que desenbolsar por volta e R$80,00 ou mais. Mas podemos resolver isso de forma mais simples e barata, comprando apenas uma antena mais pontente. Sim você pode trocar apenas a antena do seu roteador, e foi isso que eu fiz há uma semana e não tenho do que reclamar, segue configurações:

Comprei uma antena de 7dbi, andei lendo e não recomendam antenas muito fortes para o meu roteador, ela saiu por R$25,00.

A troca é muito simples, a antena é rosqueada, então não há problemas quanto a isso.

Depois da troca percebi que o sinal teve pouca melhora, menos de 10%, aí eu pensei, será que também é necessário fazer alguma configuração do roteador?

No meu caso teve, eu fiz a anteração do canal que é o canal onde trafega a informação sem fio. Essa troca pode ser utilizada para fugir de frequências utilizadas por outros equipamentos eletrônicos, como telefones sem fio por exemplo.

No meu caso o canal estava configurado em 6 fiz alguns testes e a troca para o 8 foi a melhor opção.

Para mudar channel do roteador wireless digite o ip do seu roteador no navegardor, geralmente é 192.168.0.1 .

Ele provavelmente irá pedir o usuário e senha.

Se você não souber, pergunte para quem configurou o seu roteador ou entende a prão do roteador que é usuário “adminin” sem senha.

Clique no menu esquerdo em Wireless em seguida mude o Channel depois clique em Apply, conforme a figura abaixo.

O resultado final é que em lugares onde o sinal pegava a 60% passou a funcionar a mais de 90% com bastante estabilidade.

Espero que essa dica tenha sido útil pra vocês, poste os comentários aqui.

#Rails01 – Começando com Rails do zero (Vídeo aula)

Olá pessoal, hoje eu tomei coragem e fiz uma coisa que há muito tempo tinha vontade de fazer, uma vídeo aula!

Não sei se levo muito jeito para a coisa, mas espero que vocês gostem.

Nesse vídeo eu compartinho com vocês como iniciar com rails para quem está começando agora, como instalar e quais são as melhores fontes de informação para quem quer aprender Rails.

 

De acordo com a receptividade do público eu vou preparando outros vídeos.

Seguem links utilizados neste vídeo tutorial:

http://rubyonrails.org

http://railscasts.com

https://groups.google.com/forum/?hl=pt#!forum/rails-br

http://compare.buscape.com.br/proc_unico?id=3482&kw=rails

 

Até a próxima.

Como formatar data e hora na linguagem Ruby

Para para formatar uma data ou hora no Ruby podemos utilizar o método strftime().

 %a - A abreviatura do dia da semana ("Sun'')
 %A - O nome completo do dia da semana ("Sunday'')
 %b - A abreviatura do nome do mês  ("Jan'')
 %B - O nome completo do mês ("January'')
 %d - Dia do mês  (01..31)
 %H - Horas do dia  (00..23)
 %I - Horas do dia (01..12)
 %j - Dia do ano (001..366)
 %m - Mês em número (01..12)
 %M - Minutos das horas (00..59)
 %p - Indicador de meridiam (``AM'' or ``PM'')
 %S - Segundos do minuito (00..60)
 %U - Número da semana no ano corrente, iniciando do primeiro domingo da primeira semana do ano (00..53)
 %W - Número da semana no ano corrente, iniciando da primeira segunda da primeira semana do ano (00..53)
 %w - Dia da semana (Domingo é 0, 0..6)
 %x - Representação para a data somente, sem hora.
 %X - Representação para a hora somente, sem data.
 %y - Ano em dezena 00..99)
 %Y - Ano literal ex: 2011
 %Z - Nome do "Time zone"
 %% - Literal ``%'' catacter

Exemplo de uso.

t = Time.now
 t.strftime("Data %m/%d/%Y") #=> "Data 04/09/2011"
 t.strftime("at %I:%M%p") #=> "08:56AM"

Faça as combinações conforme a sua necessidade.

Até a próxima.

Teste o ubuntu 11.10 online sem precisar instalar nada

O pessoal da Canonical liberou uma versão demonstrativa do Ubutnu 11.10 online. A idéia é transmitir para aquele que não conhece o Ubuntu qual é a sensação de usabilidade que o sistema oferece.

Claro que a versão online é bem mais simplificada, mas é uma forma bem legal que a Canonical encontrou de apresentar os novos recursos do seu sistema operacional para o público.

Novo site em Ruby on Rails – Booksérie.com.br

Olá pessoal, é com muito prazer com que venho anunciar o lançamento do site BookSérie.  Foram 6 meses de trabalho mas valeu a pena pelo aprendizado e pela satisfação de desenvolver mais uma ferramenta de entretenimento para o público.

O BookSérie é um site que exibe livros inéditos no formato de seriados, ou seja, os episódios são lançados semanalmente e o leitor ainda pode interagir com o texto através de vídeos que complementam o assunto que está sendo abordado no episódio.

Nós estamos iniciando nossas atividades com a série Heróis Meninos, e em breve adicionaremos outras.

O site foi desenvolvido em Rails, Html, Jquery e outras tecnologias.

Conto com a visita e sugestões de vocês.

www.bookserie.com.br